Uma prenda de Natal... para ti!

São 23.55 h do dia 24 de Dezembro… batem à tua porta. Vais abrir e encontras um homem alto de grandes barbas… roxas, e cabelo da mesma cor.
- Enviaram-te este presente! – diz, apontando as estrelas. Deixa nas tuas mãos um pequeno embrulho e parte apressado, ignorando as perguntas que lhe fazes para perceber melhor quem to enviou.
Corres à janela. Na rua, bem no meio da rua, está um animal impressionante que conheces da capa de um livro: um dragão. O animal parece sorrir-te como quem pede desculpa por ter interrompido o trânsito. O homem, que identificas agora como sendo um mago roxu, monta o dragão e juntos levantam voo. Passam rente à tua janela e afastam-se até desaparecerem no céu.
Batem as 12 badaladas da meia-noite e só então te dás conta que o presente que deixou ainda está nas tuas mãos. O embrulho é lindo… Nunca pensaste que com as 7 cores do arco-íris se conseguisse fazer uma embalagem tão bonita.
Olhando para aquele embrulho, tu sentes… tu sabes… que aquele presente não é igual aos outros. Algo te diz… que ele vai mudar a tua vida.
Retiras o papel com cuidado e encontras uma caixa de madeira antiga. Abres a tampa lentamente para encontrar um objecto que nunca viste antes. Faz lembrar uma lâmpada, uma lâmpada de Aladino: tem uma pega, um bico e brilha com as suas 7 cores. Já não tens dúvidas de onde veio: de um mundo mágico chamado Oníris.
Pegas no colorido objecto sentindo-o morno, aconchegante ao tacto, e é nessa altura que reparas que no fundo da caixa há um pergaminho com uma mensagem numa língua estranha. Quando lhe pegas, o significado das palavras escritas vai tomando forma na tua cabeça.

“Escolha como se quer sentir… concentre-se nessa sensação… esfregue a lâmpada… e confie!”

Depois, em letras mais pequenas, vem uma chamada de atenção.


“As primeiras vezes pode demorar algum tempo. Não desista!”


Hesitas sobre que sensação escolher: bem-estar?, alegria?, confiança em ti?, descontracção?, optimismo?, coragem?... Tantas alternativas.
Sabes que podes experimentá-las todas, mas terás de começar por uma. Depois de muito pensares, escolhes a mais importante para ti e concentras-te nela.
Só então começas a esfregar a lâmpada, com calma, saboreando o calor que produz. Mal o fazes, do seu bico começa a sair um fio de fumo, da cor que mais gostas, que rodopia à tua volta. Pouco a pouco, o teu corpo reage produzindo a sensação escolhida; no inicio, de uma forma tímida, mas cada vez mais intensa à medida que continuas. Imagens de momentos em que sentiste aquilo que agora desejas recuperar sucedem-se na tua cabeça. Desfrutas cada uma delas, antes de passares à seguinte. As imagens partem, mas as boas sensações ficam!
Estás agora envolvido em cor, na tua cor favorita, e sentes-te bem… mesmo muito bem. A sensação escolhida é agora uma realidade, faz parte de ti, preenche-te, e sabes que se vai manter. Há muito tempo não te sentias tão bem.
Paras de esfregar a lâmpada, voltas a guardá-la dentro da sua caixa, sabendo que, no futuro, sempre que quiseres, poderás voltar a usá-la.
Fechas a tampa, com um sorriso.
Há uma certeza que te invade: quem te enviou este presente… quer ver-te feliz!

A imagem da lâmpada foi uma surpresa linda de Pinta Estrelas para ilustrar a minha história. Obrigada, Ana Sofia!
O texto foi integrado, com alterações, no livro Oníris - A Dádiva dos Deuses

26 comentários:

Anónimo disse...

Querida Rita, que oferta bonita esta.
Mais uma para juntar ao rol de 'viagens' que tu e a Margarida me têm levado a fazer.
Desejos de Festas felizes e um ano de 2009 cheio de explosões criativas.
Rusa

Anónimo disse...

Muito obrigada por esta linda prenda de Natal. Gostei muito e vou utilizar bastante. Um beijinho grande e Um grande Natal para ti também.
Ana Branquinho

Claudia disse...

Uma mensagem muito bonita!
Obrigada Rita.
Feliz Natal
Claudia Romão

Rita Vilela disse...

Obrigada, Rusa, Ana, Cláudia

As vossas mensagens são também prendas para eu colocar "no sapatinho".
Um beijão grande, grande

Ana Tapia disse...

Querida Rita
Que presente tão especial. Obrigada pela atenção, inspiração e cuidado.
Um Natal (nascimento) Feliz, agora e sempre !
Um grande beijinho
Ana (Margarida) Tapia

Ana Sofia disse...

Olá
Foi um lindo presentede Natal!
Todos os presentes deviam ser tão verdadeiros e simples.
As coisas mais simples são as mais belas e por vezes as menos entendidas...curioso!
Obrigado!!!
Amei e vou guardar esta prenda no coração todo o ano.
Ana Sofia

Maria disse...

Olá :D
O texto está lindo!
Adorei imenso... Mesmo!
Está perfeito!

Consegue mesmo fazer-nos viajar pelas palavras... e essa sensação, é tão linda, tão perfeita... :') É única!

Adorei, obrigada Rita
Beijinho

Bom Natal :D

Maria disse...

Vou usar a lâmpada muitas vezes! :D

Anónimo disse...

Querida Rita,
Que forma tão especial de nos desejar "Bom Natal"...
Muito obrigada, e bem hajas pelo teu talento!
Bjks, Leonor & Pedro

Rita Vilela disse...

Ana Tapia, Ana Sofia, Maria, Leonor e Pedro

O carinho das vossas mensagens é uma prenda muito, muito especial para mim.
Obrigada, muito obrigada, a todos.

Anónimo disse...

Rita,

Foi uma verdadeira surpresa!!! Gostei muito da tua ideia, achei-a mravilhosa.Que o Natal se proongue pelo ano todo são os meus votos.
Um grande abraço

Antónia

Rosário disse...

Olá Ritinha

Que lindo e maravilhoso presente. Gostei muito.
Li-o em voz alta para, também, a Beatriz poder dar asas á sua imaginação. Foi de facto muito bom sentir que existem amigos com tamanhos poderes e gosto de os partilhar.

Festas Felizes e um grande beijinho para todos e em especial para ti.




Festas Felizes e um grande beijinho para todos e em especial para ti.

jmt disse...

Olá Rita :)

Que ideia original! Votos de um Feliz Natal e que 7 estrelas coloridas te acompanhem em 2009!

bjits
Joao Trabuco

Anónimo disse...

....raios partam à lâmpada! - a minha deve 'tar avariada...óh senhor das barbas!...roxas...imagina-se...traga-me lá outra que esta deve ter vindo da nova loja do chinaurixis.
:)
ines

Rita Vilela disse...

Obrigada, Antónia, Ró, João,
pelas vossas palavras, que me enchem de vontade de escrever mais e mais histórias.
E, aproveitando o comentário da Rosário, fica a sugestão: convidem alguém de quem gostem a fechar os olhos e leiam-lhe a história em voz alta, pausadamente…
Um enorme beijinho!

Rita Vilela disse...

Cara Inês
As minhas desculpas. Não sei o que terá acontecido… é a primeira reclamação que recebemos!
Já enviei outro dragão com uma nova lâmpada (previamente testada).
Podes fechar os olhos e pedir ao marido que te leia a história em voz alta… calmamente…
Desta vez, é garantido: se tu quiseres, vai funcionar!!!!

Ines disse...

Queridísima Rita

Muito obrigado por tão original e grato presente! Desejo-te que disfrutes e sejas a principal beneficiada da magia da historia. Que pases umas Festas felizes e que 2009 seja mais um ano para a expressão da tua grande criatividade.
Beijos
Inés Machado

Rui disse...

Ritinha, também eu já estou em contra relógio para te desejar um muito Feliz Natal. Gostei muito da prenda! Um beijinho e tudo de bom para ti e para os "teus mundos" de fantasia (que por partilhares connosco também já são um pouco NOSSOS).
Rui (5º andar RF)

Rita Vilela disse...

Obrigada, Inês Machado, pela tua mensagem.
E vamos então usar a criatividade para fazer de 2009 um ano melhor, com tudo de bom que conseguirmos imaginar.

Rita Vilela disse...

Grande Rui
Oníris é, de facto, também teu… e de todos aqueles que percorreram os seus caminhos armados com a sua própria imaginação, curiosidade e entusiasmo.
Um beijinho amigo

Prof. Dália Santos disse...

Querida Rita,
Que magnífico presente!
Obrigada pela mensagem tão bonita, tão energética, tão colorida... tão especial!
O Natal é, de facto, partilha! Muito obrigada e que 2010 seja especial, como tu, e te traga tudo o que desejas!
Beijinho carinhoso

Rita Vilela disse...

Obrigada, Dália

É sempre bom saber que apreciam os nossos presentes :)
Que 2010 seja, para todos, e para ti em especial, um ano melhor… muito melhor!
Um beijo carregado de carinho

Narniana Selvagem disse...

está fantástica não há maneira de existir um ponto que seja que a torne mais perfeita por muitas vezes que seja contada.... um beijinho

e (com atraso porque durante esta época não tive rede) aproveito para desejar um feliz natal e um ano novo magnífico a esta escritora que bem o merece!

Rita Vilela disse...

Muito obrigada, Narniana :)

Aproveito também para desejar um Ano Novo magnífico a uma leitora (e, acredito, futura escritora!) que bem o merece.
Beijinhos

Anónimo disse...

Rita,
Que ideias tão inspiradoras, intensas, revigorantes e bonitas. Precisam de ser saboreadas e vividas para serem plenamente entendidas. Obrigada.
Um grande beijinho
Ana (Margarida)

Rita Vilela disse...

Obrigada, Ana (Margarida)
É bom ouvir coisas destas.
Beijinhos natalícios